sábado, 12 de setembro de 2009
Ontem voltamos de Santa Cruz do Sul, saímos de lá às 14:30hs e começamos a viagem para nossa casa com parada em Porto Alegre onde deixaríamos o Lucas, nosso neto, na casa do outro avô.
Chovia torrencialmente mas a viagem transcorria dentro da normalidade, meu marido desviando dos buracos numa estrada em que se paga um pedágio de ida e volta no valor de R$12,00; pegamos um acidente envolvendo um caminhão, que nos deixou parados mais de 20 minutos. Meu neto estava dormindo; como é bom ser criança e não ver a extensão dos problemas que são enfrentados numa simples viagem que deveria durar no máximo 3:30hs e durou 7:45hs.
Até chegarmos em Canoas já estávamos na estrada há mais de 3 hs. Graças a Deus havíamos dado uma parada para fazer um lanche e ir ao Banheiro.
Quando conseguimos entrar em Porto Alegre já era mais de 18 hs, o ar condicionado estragou, os vidros começaram a embaciar, como a visibilidade estava caótica meu marido passou da entrada e nos perdemos dentro de uma cidade que ele nasceu e se criou. Meu neto acordou de novo e falou: agora eu estou reconhecendo, estamos perto de casa. Só que meu marido em vez de dobrar a direita na Ipiranga passou reto, se perdeu de novo. O Lucas pegou minha mão e disse: Vô tu está fazendo volta e eu estou ficando com medo; dissemos que não.
E continuamos a peregrinação, passamos pela Azenha, Glória, chegamos novamente ao Partenon e quando estávamos na esquina do prédio do Avô ele iria passar reto novamente e eu disse: Agora chegamos, é só dobrar a esquerda e meu marido disse, mas não dá para dobrar a esquerda, então eu teimei e ele virou a esquerda e chegamos na primeira etapa da viagem.
Entregamos o neto e retomamos a viagem, desviando de um buraco e caindo em outro, e os filhos ligando para ver se havíamos chegado em casa.
Carros parados e acidentes creio que foram uns 7 ao todo, nenhuma morte Graças a Deus! Nunca pegamos tanto caminhão na estrada como nesta viagem.
Sinalização não existe nestas estradas gaúchas, com pedágio, sem pedágio, é a mesma M.... Chegando em Osório, os buracos aumentaram e em consequencia os perigos também. Poças de água que parecem piscinas no meio das ruas.
Conseguimos entrar em casa às 22:15hs, nunca rezei tanto como ontem.
Depois de toda esta tortura tenho que tirar o Chapéu para o meu marido, pois ele dirige muito bem e se não fosse a chuva, os buracos, a má sinalização, os acidentes teríamos tido uma viagem maravilhosa. Mas viajar nas estradas do Rio Grande do Sul está uma baita aventura com cenas de terror.
Beijos no coração de vocês.

5 comentários:

tita coelho disse...

Mãe ninguém merece! Imagino o nervoso do pai dirigindo durante todo esse tempo kkkkkkkkkkk
Beijos

ABB e KRB disse...

As estradas nossas só não tem o pedágio, não por estas bandas daqui. Não ainda! Mas, por sua descrição, o restante é tudo igual.

Pitanga Doce disse...

Não são só as estradas do RG que não nos dão condição de fazer turismo dentro do próprio país. Os pedágios estão lá. O IPVA cai lá todos os anos e não vem nada de volta para nós. Na Europa você é capaz de atravessar um país inteiro (se for pequeno ) num dia de Verão e chegar á casa ainda ao entardecer. As portagens (pedágios) não são baratos mas há condição de andarmos e os postos de gasolina, na sua maioria, têm lojas e acomodações para pernoite. Há auto estradas maravilhosas que convidam a sair de casa sem muita antecedência de planos.
Aqui é essa pouca vergonha, entra Governo, sai Governo.
O passeio vira castigo.

bom dia Angela

Ângela Coelho disse...

Pitanga, infelizmente nossos políticos não querem resolver o problema dos municípios, estados ou do País, querem resolver o problema do povo da casa deles e dos amigos deles. Eles anddam de avião, de helicóptero nem sabem como andam as nossas estradas.
Beijos.

Luma disse...

Ângela, viajar nestas condições, a atenção tem que ser redobrada! Além dos perigos de se dirigir em estrada, com elas esburacadas e chovendo, eu pararia e não seguiria. Parabéns ao maridón que levou à todos sãos e salvos para casa. Beijus

Viagens promocionais

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias

Viagens promocionais

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias

Visito e recomendo!

Compartilhe!

Editora Novitas

Usuário online

http://www.usuariosonline.org">Contador de Usuários online

Sobre Mim

Minha foto
Ângela Elisabeth Losekann Coelho
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Busca do Blog

Carregando...

Tags