terça-feira, 31 de julho de 2012

Recebi por e-mail da Rosamaria do Blog: http://rosacc60.blogspot.com.
  
Na sexta feira, 12 de maio de 2011, uma amiga do meu filho pulou do 8º andar do prédio onde morava na Rua Emiliano Perneta. Era uma adolescente. Tinha acabado de almoçar, estava com o uniforme do Colégio Bom Jesus, e a mochila nas costas, o que indicava que iria para o colégio à tarde, pois nas quartas e sextas eles têm aula o dia todo. Foi um choque para todos os colegas!
Aí vem a pergunta: Por quê? Ela tinha apenas 15 anos. Que problemas uma menina de 15 anos pode ter? Fiz esta pergunta ao meu filho, e a resposta me deixou chocada...
Ele me disse:   - Mãe, eu acho que era falta de colo.
Questionei:  - Como assim?
E ele me disse:
- Hoje em dia, os pais trabalham praticamente o dia todo, sempre com a mesma desculpa de que  querem dar aos filhos tudo aquilo que nunca tiveram e, na maioria das vezes, eles estão conseguindo. Eles estão dando um estudo no melhor colégio, cursos de idiomas, dinheiro para gastar no shopping, um computador de última geração pro filho ficar enfiado em casa durante o pouco tempo livre que sobra, roupas, tênis, celular, tudo muito caro, etc... E sempre cobrando da gente boas notas, pois estão investindo muito... Na maioria das vezes, os pais não têm mais
t
empo para os filhos, não conversam mais, não fazem um carinho...
Ele fez uma pausa. Eu estava boquiaberta com o que ele acabara de falar-me e meus pensamentos foram a mil. Mal comecei uma frase
- Meu filho, você tem razão. É isso mesmo...
E ele me interrompeu dizendo:
Mãe, quando a gente chega em casa, o que mais a gente quer é o colo da mãe. Quando vai mal nas provas ou quando acontece alguma coisa ruim, a gente quer colo. Por que você acha que hoje tantos jovens são quase revoltados? Na maioria das vezes, eles estão querendo chamar a atenção, ser notados... Só que no lugar errado e de forma errada: na rua e com violência.
- Dei um grande abraço em meu filho, beijei-o com muito carinho. E lhe disse:
Meu filho, espero que a morte da Joana não tenha sido em vão, pois quem sabe desta forma muitos pais vão repensar suas atitudes para com seus filhos!
Ele olhou-ne carinhosamente e concluiu, antes de sair para a escola:
Não somos máquinas, mãe. Não somos todos iguais. Não é porque o filho da vizinha tira só dez que todos nós vamos tirar 10. Talvez, nem todos nós queiramos falar inglês!
Seus olhos cheios de lágrimas revelavam a dor que sentia pela morte da colega e, ao mesmo tempo,  o quanto meu filho valorizava a nossa família. Já fora de casa, ele voltou correndo e me deu um  forte abraço e me disse:
- Mãe, obrigado por eu poder contar sempre com você nos maus momentos...E, obrigado, também, pelas broncas, pois sei que as mereço.
===========
Depois que ele virou a esquina, fechei suavemente a porta, pensativa e convencida de que o tempo  e o amor são os melhores investimentos que podemos fazer pelos nossos filhos. O resto é consequência. Nada é mais importante que estes meios essenciais para a felicidade de nossos filhos. E, sem dúvida, só assim poderemos também ser felizes com a consciência tranqüila de ter cumprido bem a nossa missão de pais.
 (Texto anônimo, circulando na Internet)



-- 
domingo, 15 de julho de 2012
Recebi por e-mail do http://somostodosum.ig.com.br; achei o texto lindíssimo.


Amparadores Espirituais - Mãos de luz no silêncio

:: Wagner Borges ::


No silêncio da noite, eu escuto o seu coração.
Ah, minha criança, você nunca esteve sozinha.
Mesmo quando você se revoltou diante das provas da vida, eu estava ao seu lado, orando e torcendo por você.
Você não me vê, mas eu a abraço, em espírito.
Você não me escuta, mas eu falo com você, através dos seus pensamentos.
Você não se lembra de mim, mas eu jamais me esqueci de você.
Perceba, minha criança, que o Amor é maior do que tudo!
Você está vestindo um corpo físico nesse momento, e eu, um corpo de luz.
Todavia, apesar da diferença energética, ambos estamos no mesmo abraço de Deus.
Vivemos no mesmo Sopro Vital d'Ele!

Saiba, minha criança, que mãos invisíveis amparam os homens em suas lutas redentoras... Mãos que tocam secretamente os corações, sempre inspirando para o Bem.
Mãos que se juntam em ato de prece ao Senhor de todas as vidas, pelo bem de todos os seres... Mãos de luz, que aplicam passes energéticos em silêncio.
Mãos amigas, que dão apoio incondicional às ações nobilitantes.
Mãos que operam em nome de Deus e que libertam os homens de grandes males ocultos... Mãos que vêm do Céu, para tocar e inspirar o melhor em todos os homens.
Mãos que abrem passagens e portais para a Luz...
Ah, minha criança, agradeça ao Poder Maior que envia essas mãos em auxílio dos homens.
E nunca se esqueça: você jamais esteve sozinha!
Pois os mentores espirituais sempre guardam seu caminho.
Hoje, e sempre, fique na Paz de Deus.

Em Espírito e Verdade...

- Um Anônimo Servidor do Cristo** -
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges.)



Beijos e uma boa semana.

Viagens promocionais

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias

Viagens promocionais

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias

Visito e recomendo!

Compartilhe!

Editora Novitas

Usuário online

http://www.usuariosonline.org">Contador de Usuários online

Sobre Mim

Minha foto
Ângela Elisabeth Losekann Coelho
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Busca do Blog

Carregando...

Tags