quarta-feira, 28 de dezembro de 2011
Amigos! O ano de 2011 está chegando ao fim, muitos estão sentindo alívio, outros uma grande nostalgia; como tudo que acaba não volta mais, vamos nos preparar para entrarmos em 2012 com o pé direito, sempre nos melhorando como pessoas.
Às vezes, nos arrependemos de atos que realizamos mas devemos nos lembrar que tudo é aprendizado e todo aprendizado é válido.
A única certeza que podemos ter é que sábado será o último dia deste ano e que domingo será o primeiro dia do novo ano; não mudará nada as contas continuarão sendo pagas, a nossa casa será a mesma e nossa família será a mesma.
Só existirá o milagre da mudança se nós o fizermos, se conseguirmos dormir de uma maneira e acordar de outra.
Mas, vamos combinar, isto não é possível, levamos uma vida inteira para chegarmos onde estamos e não podemos simplesmente em uma noite nos transformarmos.
Espero que o Novo Ano nos dê forças para crescermos como seres humanos e nos tornarmos melhores e que a nossa existência sirva para alguma coisa melhor.
Beijos e um 2012 cheio de paz, saúde, amor e muito dinheiro no bolso.
sábado, 17 de dezembro de 2011
Amigos! Fiz propaganda do Livro Carola, escrito pela Silvia Meirelles Käercher, sem lê-lo. Agora eu posso dar um testemunho fidedigno pois li o livro em dois dias, é uma leitura apaixonante, histórica e com nuances espíritas; foi muito bem escrito, são 268 páginas de uma história envolvente. É sobre a vida de Carola, filha do Barão Von Koseritz.
Não estou fazendo propaganda por ter sido editado pela Editora Novitas, mas sim porque vale a pena.
quinta-feira, 8 de dezembro de 2011
Copiei do Buzz da Lurdes:
Postagem de Marina urcino compartilhada de novo.
MUITO INTERESSANTE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Dona "Maria Jiló" é uma senhora de 92 anos, miúda, e

tão elegante, que todo dia às 08 da manhã ela já está
toda vestida, bem penteada e discretamente maquiada,
apesar de sua pouca visão.

E hoje ela se mudou para uma casa de repouso: o marido,
com quem ela viveu 70 anos,morreu recentemente, e não
havia outra solução.

Depois de esperar pacientemente por duas horas na sala de
visitas, ela ainda deu um lindo sorriso quando a atendente
veio dizer que seu quarto estava pronto. Enquanto ela manobrava o andador em direção ao elevador, dei uma descrição do seu minúsculo quartinho, inclusive das cortinas floridas que enfeitavam a janela.

Ela me interrompeu com o entusiasmo de uma garotinha que acabou de ganhar um filhote de cachorrinho.

- Ah, eu adoro essas cortinas...
- Dona "Maria Jiló", a senhora ainda nem viu seu quarto... Espera um pouco...
- Isto não tem nada a ver, ela respondeu, felicidade é algo que você decide por princípio. Se eu vou gostar ou não do meu quarto, não depende de como a mobília vai estar arrumada... Vai depender de como eu preparo minha expectativa.

E eu já decidi que vou adorar. É uma decisão que tomo todo dia quando acordo.

Sabe, eu posso passar o dia inteiro na cama, contando as dificuldades que tenho em certas partes do meu corpo que não funcionam bem..
Ou posso levantar da cama agradecendo pelas outras partes que ainda me obedecem.

- Simples assim?
- Nem tanto; isto é para quem tem autocontrole e todos podem aprender, e exigiu de mim um certo 'treino' pelos anos afora, mas é bom saber que ainda posso dirigir meus pensamentos e escolher, em conseqüência, os sentimentos.

Calmamente ela continuou:

- Cada dia é um presente, e enquanto meus olhos se abrirem, vou focalizar o novo dia, mas também as lembranças alegres que eu guardei para esta época da vida. A velhice é como uma conta bancária: você só retira aquilo que guardou. Então, meu conselho para você é depositar um monte de alegrias e felicidade na sua Conta de Lembranças. E, aliás, obrigada por este seu depósito no meu Banco de lembranças. Como você vê, eu ainda continuo depositando e acredito que, por mais complexa que seja a vida, sábio é quem a simplifica.

Depois me pediu para anotar:

COMO MANTER-SE JOVEM

1. Deixe fora os números que não são essenciais.
Isto inclui a idade, o peso e a altura.
Deixe que os médicos se preocupem com isso.

2. Mantenha só os amigos divertidos. Os depressivos puxam para baixo.
(Lembre-se disto se for um desses depressivos!)

3. Aprenda sempre:
Aprenda mais sobre computadores, artes, jardinagem, o que quer que seja. Não deixe que o cérebro se torne preguiçoso.
'Uma mente preguiçosa é a oficina do Alemão.' E o nome do Alemão é Alzheimer!

4. Aprecie mais as pequenas coisas - Aprecie mais.

5. Ria muitas vezes, durante muito tempo e alto. Ria até lhe faltar o ar.
E se tiver um amigo que o faça rir, passe muito e muito tempo com ele /ela!

6. Quando as lágrimas aparecerem
Aguente, sofra e ultrapasse.
A única pessoa que fica conosco toda a nossa vida, somos nós próprios.
VIVA, enquanto estiver vivo.

7. Rodeie-se das coisas que ama:
Quer seja a família, animais, plantas, hobbies, o que quer que seja.
O seu lar é o seu refúgio. Não o descarte..

8. Tome cuidado com a sua saúde:
Se é boa, mantenha-a.
Se é instável, melhore-a.
Se não consegue melhora-la , procure ajuda.

9. Não faça viagens de culpa. Faça uma viagem ao centro comercial, até a um país diferente, mas NÃO para onde haja culpa.

10. Diga às pessoas que as ama, e que ama a cada oportunidade de estar com elas.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011
Vou ficar afastada da internet pois estou com tendinite no ombro direito.
O maridão assumiu a casa. Estou me sentindo inútil! BUUUUAAAAAA!!!!!!!
terça-feira, 22 de novembro de 2011

O mais novo lançamento da Editora Novitas, Carola, de Sílvia Meirelles Käercher, já está em pré-venda.

Os interessados em adquirí-lo deverão enviar mensagem para contato@editoranovitas.com.br, solicitando a melhor forma de pagamento (boleto ou depósito bancário).

Preço de pré-venda: R$ 33,00*

(Preço pós-lançamento: R$ 35,00)

* até 10 de dezembro de 2011



Sílvia Meirelles Käercher nasceu em Novo Hamburgo,RS, em 1973.

Formou-se no Magistério e lecionou por 12 anos em Torres e Porto Alegre. Casada e mãe de três filhos, atualmente dedica-se à casa e à escrita, mantendo o blog “No tempo dos Koseritz”. Descendente de Carlos e Carolina Von Koseritz e apaixonada desde a adolescência pela vida e obra de Carolina, dedicou dois anos de estudos e pesquisas para escrever este livro.

A ideia desta biografia surgiu aos quinze anos, quando perdeu sua bisavó Stella, filha de Carolina. Sentia enorme curiosidade, pois muitos diziam que se parecia fisicamente com Carolina. Mas o projeto não seguiu em frente. Anos mais tarde, com o apoio da família e do marido, dedicou-se a colher as histórias e fazer as pesquisas para o que se tornaria seu primeiro livro, “Carola”.
Trecho do livro "Carola" que será lançado no dia 14 de Dezembro de 2011 na sede da Fundação Scheffel (mapa), em Novo Hamburgo a partir das 20 horas.
“Ali, junto dos meus, olhava para minha cova e refletia sobre a vida que acabava de deixar. E em como seria, dali para frente. Para mim e para Stella.
O anjo olhava com melancolia. Havia sofrimento em seu rosto de pedra. Mas eu não sofria mais. A paralisia se fora, só ficara a dor em meu peito. A mesma que me consumiu nos últimos anos:
- Por que fiz tudo dessa forma?”
segunda-feira, 21 de novembro de 2011


AMIGOS


União
Alegrias
Esperanças
Amor. Sucesso
RealizaçõesLuz
RespeitoHarmonia
Saúde Solidariedade
Felicidade Humildade
ConfraternizaçãoPureza
Amizade Sabedoria.Perdão
IgualdadeLiberdade. Boa - Sorte
SinceridadePaz, PazFraternidade
EquilíbrioDignidadeBenevolência
Bondade.Paciência.Gratidão
Força
JESUSJESUSJESUS

CAMPANHA:
VAMOS FAZER ESTA ÁRVORE CIRCULAR
ATÉ O FIM DO ANO PARA LEVAR O NOME DE JESUS PARA AS PESSOAS, POIS SÓ ELE É O VERDADEIRO SENTIDO DO NATAL


Viagens promocionais

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias

Viagens promocionais

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias

Visito e recomendo!

Compartilhe!

Editora Novitas

Usuário online

http://www.usuariosonline.org">Contador de Usuários online

Sobre Mim

Minha foto
Ângela Elisabeth Losekann Coelho
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Tags