domingo, 2 de maio de 2010
Hoje eu li na postagem feita pela Alzira Sterque no seu Buzz sobre Avareza e comecei a meditar sobre o que fazem as pessoas que cobiçam o que não lhes pertencem, que acham que não existe punidade para seus atos; elas são capazes de vender duas vezes a mesma coisa pois o segundo comprador lhe ofereceu valor mais alto.

Eu gostaria de saber que sensação sente uma pessoa desonesta que faz um ato deste tipo, será que pensa que está correto romper um contrato de promessa de compra e venda porque o outro comprador resolveu oferecer algo a mais? Eu considero um caso de polícia, teria vergonha de sair na rua e encarar os amigos que foram enganados.

O que é ser estelionatário? É passar cheque sem fundo? Não considero estelionatário a pessoa que passa UM cheque que bate e volta, pois ele confiou que teria fundos na data e não deu certo. Existem vários brasileiros nestas condições. O estelionatário é um indivíduo que toma atitudes em seu benefício, causando prejuízos morais ou financeiros a outros.
Hoje eu quis postar sobre algo que eu acredito como ser moral, honesto, manter a palavra; no RS falamos que um fio de bigode tem valor.
Amigos, vamos viver a nossa vida dentro da dignidade para podermos deitar a cabeça no travesseiro e dormirmos tranquilos. O que adianta termos os bolsos cheios de dinheiro e não podermos andar de cabeça erguida?
Beijos no coração de todos e um bom domingo.

2 comentários:

elvira carvalho disse...

Neste dia que em Portugal se festeja o dia da mãe, venho deixar de abraço de muito carinho e saudade.
Um abraço e uma boa semana, sem "cheques carecas"

Rabisco disse...

Post muito legal.
Boa semana!

Viagens promocionais

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias

Viagens promocionais

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias

Visito e recomendo!

Compartilhe!

Editora Novitas

Usuário online

http://www.usuariosonline.org">Contador de Usuários online

Sobre Mim

Minha foto
Ângela Elisabeth Losekann Coelho
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Tags